Mulher mata recém-nascido após parto, e suposto pai deixa corpo em bueiro no Ceará; casal é preso

Local onde corpo de um bebê foi encontrado nesta segunda-feira (8) pela polícia — Foto: Leábem Monteiro/Sistema Verdes Mares

www.assarenoticias.com.br

O corpo do bebê foi encontrado na tarde desta segunda-feira (8) pela polícia; homem conhecido como pastor no bairro negou a paternidade, mas a mãe disse à polícia que ele é o pai.


Uma mulher deu à luz um bebê de oito meses e o matou, entregando o corpo ao suposto pai que deixou em um bueiro em Caucaia, na Grande Fortaleza, segundo investigação da Polícia Civil do Ceará. A mãe e o homem, um líder religioso do qual era amante, foram autuados em flagrante e foram presos por homicídio e ocultação de cadáver nesta segunda-feira (8).

O caso começou a ser descoberto neste domingo (7) quando a mulher de 20 anos procurou uma unidade hospitalar se queixando de dores. Os médicos constataram que ela havia tido um bebê e a interrogaram sobre a criança. Após ela dar informações para a equipe médica, a polícia foi acionada e iniciou a apuração do crime.

Após buscas, o corpo do bebê com pouco mais de 3 kg foi encontrado por policiais na estação de resíduos do Bairro Marechal Rondon nesta segunda. O corpo foi recolhido para verificação pela Perícia Forense do Ceará (Pefoce). O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

A Secretaria da Segurança do Ceará informou que vai divulgar mais informações sobre o caso em uma coletiva na manhã de terça-feira (9).

Moradores revoltados
Moradores saquearam a casa do líder religioso e atearam fogo ao veículo dele após a notícia da morte do bebê se espalhar pela comunidade.

Em vídeo divulgado nas redes sociais, é possível ver os moradores retirando cadeiras, caixas de som e outros móveis da casa do pastor. Um veículo modelo kombi que pertence a ele foi incendiado. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e debelou as chamas, porém, o veículo ficou destruído.

Depoimentos do casal
O homem de 36 anos, conhecido na comunidade como pastor, negou a paternidade ao prestar esclarecimento à Polícia Civil, mas a mulher afirmou que ele é o pai.

A mãe do bebê disse ainda que o homem enrolou a criança em uma sacola e o jogou no bueiro. O homem disse à polícia que sua participação foi enrolar o bebê e deixá-lo no local onde foi encontrado

Fonte: G1 CE


Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Redes Socias

Google Plus Facebook Instagram email Email

JP Viagens

Escritório de Advocacia

Arena I9

HOTEL ALENCAR

MSET DIGITAL

Dallas Carirí

Salles Quentinhas

Escritório de Advocacia

AL SOM

Inove Eventos

FARMÁCIA BIOFARMA

As Mais Lidas do Site

Total de visualizações do Site