Alvaro Dias assume cargo no Podemos que servirá de “seguro anti-Moro”

Senador Álvaro Dias assumiu nesta terça-feira (25/1) a presidência do Podemos no Paraná, por onde o ex-juiz Sergio Moro está filiado 


WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR

O senador Alvaro Dias assumiu, na manhã desta terça-feira (25/1), a presidência do Podemos no Paraná. No posto, ele terá mais bj poderes para garantir que será o candidato do partido ao Senado nas eleições deste ano, quando precisa renovar seu mandato na Casa.


Segundo integrantes do Podemos, o cargo funcionará como um “seguro anti-Moro“. Em outras palavras, o controle da sigla garante ao senador poderes para brecar uma possível manobra do ex-juiz para disputar o Senado pelo Podemos do Paraná, por onde está filiado, caso desista de concorrer ao Palácio do Planalto.


À coluna, Alvaro Dias, que é líder do partido no Senado, não comentou a tese do “seguro anti-Moro”. O parlamentar ressaltou, no entanto, que pretende ficar na presidência do Podemos paranaense “pelo menos até a definição de candidaturas e alianças” para as eleições deste ano.


O senador assumiu o comando do Podemos no Paraná no lugar do ex-prefeito Cesar Silvestri Filho, que migrou para o PSDB. A escolha ocorreu se deu por aclamação, numa reunião que contou com a presença de Moro, da presidente nacional do Podemos, Renata Abreu, e de outras lideranças da sigla no estado. 


Texto: Igor Gadelha, Jornal Metrópolis

Share:

Bolsonaro decreta luto oficial no país pela morte de Olavo de Carvalho

Escritor bolsonarista morreu na noite de segunda-feira (24/1) nos Estados Unidos. Na manhã de hoje, chefe do Executivo lamentou a perda de seu guru, afirmando que escritor era um "farol para milhões de brasileiros"
(crédito: Reprodução )

WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR

O presidente Jair Bolsonaro (PL) decretou na tarde desta terça-feira (25/1) luto oficial de um dia pelo falecimento do escritor, Olavo Luiz Pimentel de Carvalho, 74 anos. O texto foi publicado na edição extra do Diário Oficial da União (DOU).

"É declarado luto oficial em todo o País, por um dia, contado da data de publicação deste Decreto, em sinal de pesar pelo falecimento do Professor Olavo Luiz Pimentel de Carvalho", versa um trecho do documento.

Bolsonaro também anunciou o decreto em suas redes sociais.

Pela manhã, o chefe do Executivo lamentou a morte de seu guru, afirmando que o mesmo era um "farol para milhões de brasileiros".

"Nos deixa hoje um dos maiores pensadores da história do nosso país, o Filósofo e Professor Olavo Luiz Pimentel de Carvalho. Olavo foi um gigante na luta pela liberdade e um farol para milhões de brasileiros. Seu exemplo e seus ensinamentos nos marcarão para sempre. Que Deus o receba na sua infinita bondade e misericórdia, bem como conforte sua família", escreveu.

O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) também lamentou o falecimento de Carvalho. O general elogiou o guru bolsonarista, afirmando que sua partida “deixa uma lacuna no pensamento brasileiro”. Parlamentares também se solidarizaram.

Já o perfil da Câmara dos Deputados no Twitter se desculpou por 'curtir' uma publicação da página intitulada "Morte" que traz a foto de uma caveira no perfil, ironizando o falecimento do escritor que estava internado em um hospital nos Estados Unidos.

A publicação curtida pelo perfil da Câmara dizia: "Olavo de Carvalho. Check". Minutos depois, a equipe de Comunicação da Casa caracterizou o deslize como um "erro administrativo".

O Palácio do Planalto, que não comentou a morte recente da cantora Elza Soares, 91 anos, conhecida mundialmente, a exemplo de Bolsonaro, abriu exceção e publicou uma nota oficial lamentando a perda do escritor, assinada pelo governo federal, Secretaria Especial da Cultura e Secretaria Especial de Comunicação Social, apontando que o professor teve "contribuição inestimável ao pensamento filosófico e ao conhecimento universal".


Publicado por:  Correio Braziliense


Share:

Kwid a R$ 60 mil: Carro popular acabou ou dinheiro do brasileiro sumiu?

Imagem: Novo Renaut Kwid

WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR

Os carros populares, assim chamados os modelos de entrada em um passado nem tão distante, tiveram seu fim decretado com o incremento das normas de segurança e de emissões para esses produtos e pelo próprio desejo do consumidor por mais tecnologia.

Hoje não se compra um veículo zero km por menos de R$ 59.980 - menor preço encontrado no País pela versão Zen do Renault Kwid ano/modelo 2023, apresentado nesta quinta-feira, 20. Dias antes a Fiat divulgou nova tabela de preços do Mobi, que parte de R$ 61 mil.

Tanto a Renault como a Fiat retiraram dos catálogos desses tais carros populares as opções mais em conta: Kwid Life e Mobi Easy. A matemática do mercado falou mais alto: no caso do Kwid a versão respondia por 1% a 2% do mix de vendas. Ou seja: a conta não estava favorável considerando todo o trabalho na programação de produção e compra dos itens específicos para versões pouco demandadas pelo consumidor.

É que agora o cliente não quer mais carros sem ar-condicionado, direção elétrica e sistema multimídia. Ele sabe que, num determinado patamar de preço [R$ 50 mil], encontra muita coisa boa no mercado de seminovos. E com a pressão dos sucessivos aumentos de custos a indústria deixa de competir porque não consegue colocar carros mais equipados nessa faixa de preço.

Mas vamos relembrar o passado: o carro popular nasceu com a premissa de que seu preço seria algo em torno de US$ 10 mil. A partir daí surgiram os modelos 1.0 consagrados: Uno Mille, Gol, Corsa, Ka, dentre outros.

Na cotação de quinta-feira, 20, dia em que foi divulgado o preço do Kwid Zen, o dólar fechou a R$ 5,41. Portanto, em dólar, o carro mais barato do mercado nesta semana sai por US$ 11 mil.

Fica então a questão: o carro popular acabou ou o poder de compra do brasileiro sumiu?

O primeiro de muitos. Segundo a Renault 50% dos compradores do Kwid migram do mercado de seminovos. Outros 23% não têm automóvel na garagem. Ou seja: o hatch é o primeiro carro 0 KM de muitos brasileiros.

400 mil veículos. É a demanda das locadoras para 2022, segundo a Abla, entidade que representa o setor. Na verdade este é o volume que elas admitem receber: a necessidade desse mercado seria de 600 mil a 800 mil veículos.

2 mil eletrificados. É o que pretende adquirir a Unidas este ano. Reservou R$ 370 milhões para sua nova frota de veículos sem emissões.


Por redação: Leandro Alves

Colunista do UOL

Share:

“Próxima pandemia poderá ser pior”, diz criadora da AstraZeneca

Imagem: Ilustração

WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR

A pandemia da Covid-19 não será a última enfrentada pela humanidade, diz a criadora da vacina da Oxford AstraZeneca. Segundo Sarah Gilbert durante a conferência Richard Dimbleby, na Inglaterra, nesta segunda-feira (6), “esta não será a última vez que um vírus ameaça nossas vidas e meios de subsistência, a verdade é que o próximo poderá ser pior. Pode ser mais contagioso, ou mais letal, ou ambos. Não podemos permitir uma situação em que passamos por tudo isso e depois descobrimos que ainda não há financiamento para a preparação para uma nova pandemia”, afirmou.


Gilbert ainda falou sobre a nova variante da Covid-19, a Ômicron. De acordo com a especialista, é preciso ficar alerta e tomar medidas para conter o alastramento da cepa, mas que ainda não há provas de que essa nova versão do vírus seja capaz de barrar a proteção dos imunizantes. 

“Até que saibamos mais, devemos ser cautelosos e tomar medidas para desacelerar a disseminação dessa nova variante”, completou.


Potencial da AstraZeneca

O estudo realizado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) no Complexo da Maré, localizado no Rio de Janeiro, atestou a capacidade de proteção da primeira dose da vacina contra a Covid-19, Astrazeneca. Os resultados demonstram que passados 21 dias da aplicação do imunizante, a efetividade contra casos sintomáticos de Covid-19 foi de 42,4%.


De acordo com os pesquisadores, o resultado está de acordo com avaliações anteriores para a primeira dose no contexto de circulação das variantes Gama ou Delta. Eles consideram o índice bom, confirmando a capacidade da vacina para conter casos sintomáticos e alertam que a segunda dose é essencial para garantir a proteção.

Inclusive, um recorte por faixa etária foi divulgado: verificou-se que os mais jovens tiveram maior proteção do que os mais velhos. Tanto que na população abaixo de 35 anos, a efetividade foi de 57,5% e acima dessa idade, a proteção caiu para 34,8%. 

Por outro lado, há uma melhora ao longo do tempo, pois a efetividade em toda a população acima de 18 anos chega a 58,9% entre o 42º e 55º dia após a primeira dose da AstraZeneca e passa a cair depois disso. 



Fonte: Olhar Digital


Share:

Ministério Público instaura procedimento sobre ausência de concurso público em Altaneira

Por determinação da Corregedoria Geral do Ministério Público do Ceará o Promotor de Justiça, Daniel Ferreira de Lira, titular da Comarca de Nova Olinda, instaurou procedimento visando apurar necessidade de realização de concurso público no município de Altaneira.

WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR

O primeiro do promotor foi solicitar à Câmara Municipal de Altaneira informações sobre a existência de lei ou projeto de lei que trate da realização de concurso público para contratação de servidores efetivos no Município. O Ofício ao presidente da Casa foi encaminhado ontem (19/01), mas ainda não consta informações se o presidente já foi comunicado. 

O procedimento foi instaurado com base em postagem do BA que noticiou no dia 30 de dezembro do ano passado que o “Prefeito de Altaneira completa cinco anos de gestão sem realização de Concurso”.

Em contato com a administração do BA o vereador Ariovaldo Soares (PDT) informou que tem conhecimento do procedimento, mas que o ofício ainda não chegou no Legislativo.

O parlamentar disse ainda que vai oficiar ao promotor que tentou aprovar proposições sobre Concurso Público, mas que todas foram rejeitadas pela bancada do PT.

Após as informações do presidente da Câmara Municipal o promotor deve também solicitar informações ao prefeito municipal.


Fonte: Blog de Altaneira.

Share:

Ala do PT amplia ataques à união Lula-Alckmin; senadores tentam amenizar racha

 A ex-presidente Dilma Rousseff teria dito que o ex-gestor de São Paulo "será o Temer" de Lula 

(Foto Crédito: Ricardo Stuckert )

WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR

A eventual aliança entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-governador Geraldo Alckmin (sem partido) para a formação de uma chapa às eleições deste ano parece longe de ser apaziguada, tanto do lado petista quanto do lado do ex-tucano. No PT, a resistência à união ainda é considerável. A ex-presidente Dilma Rousseff, por exemplo, teria dito que o ex-gestor de São Paulo "será o Temer" de Lula, numa referência a Michel Temer, que se movimentou nos bastidores pelo impeachment da petista e assumiu o comando do país quando da destituição dela.

Outros integrantes da legenda, como Daniel Kenzo, líder do diretório petista no Butantã, Zona Oeste de São Paulo, afirmam que a imagem de Alckmin pode comprometer a campanha de Lula. "Absolutamente nada indica que entregar a vice a um golpista neoliberal seja necessário para ganhar as eleições", enfatizou Kenzo, que abriu uma petição contra a formação da chapa.


Já o deputado Rui Falcão (PT-SP) — coordenador das campanhas de Lula, em 1994, e Dilma, em 2014 — disse que, se a chapa Lula-Alckmin for à frente, será uma "contradição" a tudo que o PT fez em sua história. Segundo Falcão, "Lula não precisa de muleta". As declarações do parlamentar foram publicadas na edição de ontem da Folha de S. Paulo.


Por outro lado, há integrantes do partido que apoiam a aliança, ou pelo menos avalizarão o que Lula decidir. Os senadores Humberto Costa (PE) e Paulo Paim (RS) frisaram que divergências e debates em torno do tema são "naturais". Paim sustentou não ter preferência sobre um nome para ser vice do ex-presidente e ressaltou a importância de alianças e coligações.


"Ninguém tem dúvida de que a liderança de Lula é muito forte. Ele ultrapassa, inclusive, a sigla do partido. Evidentemente, a opinião dele vai ser decisiva. Em momentos de dúvida na legenda, a posição dele sempre prevaleceu, e ele sempre acertou", destacou. "Como um ser político que ele é, com liderança internacional, terá a visão global e saberá escolher seus quadros aliados fora do PT para reconstruirmos o país."


Por sua vez, Humberto Costa argumentou que as negociações entre Lula e Alckmin ainda são preliminares, mas afirmou que, se a formação da chapa for oficializada, será um dos apoiadores.

"Isso ainda não foi apresentado formalmente ao PT. O que está acontecendo são opiniões acerca de algo que, pelo menos por enquanto, é apenas uma especulação e é natural as pessoas se manifestarem a favor ou contra", minimizou. "Eu, particularmente, sou favorável a esse entendimento (entre Lula e Alckmin). No momento que isso for para discussão no diretório, votarei favoravelmente."


O cientista político Valdir Pucci avaliou que a vontade de Lula será sacramentada e que as dificuldades levantadas pelo PT internamente fazem parte do jogo político. "Se a gente se lembrar de quando Lula escolheu o José Alencar para ser seu vice, houve contrariedade, à época, de membros do PT e da esquerda. Eles colocavam que a aliança ia contra os princípios do partido e contra os direitos do trabalhador. No final, se mostrou uma aliança acertada", destacou. "Se Lula insistir nessa união, com certeza vai ser sacramentada."


Reunião

Lula convocou reunião para hoje com os ex-ministros da Saúde dos governos petistas: Agenor Álvares, Alexandre Padilha, Arthur Chioro, Humberto Costa, José Gomes Temporão e Saraiva Felipe. Além deles, vão participar o ex-diretor da Anvisa Dirceu Barbano e a coordenadora do Setorial de Saúde do PT Eliane Cruz.

Os temas serão a nova onda da pandemia, a vacinação e os aprimoramentos para o Sistema Único de Saúde. Humberto Costa afirmou que a reunião pode resultar em diretrizes para o plano de governo de Lula.


Publicado por: Correio Braziliense

Share:

Confira as reações adversas mais comuns após terceira dose da Pfizer

Eventos adversos leves são comuns e esperados em até 10% das pessoas imunizadas, assim como em outras vacinas e medicamentos
Foto: Ilustração

WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR

Um ano após o início da vacinação contra a covid-19 no Brasil, uma boa parte da população já está apta a tomar a terceira dose do imunizante. De acordo com dados do Ministério da Saúde, 34 milhões de pessoas já tomaram a dose de reforço. Ela deve ser aplicada, preferencialmente, com o imunizante da Pfizer. Mas tem gente com medo de tomar a vacina por causa dos eventos adversos. De acordo com as pesquisas e dados disponíveis e com especialistas, não há porque temer: a vacina é segura e é importante para proteger contra a variante ômicron, já prevalente no país.


Publicado por: Correio Braziliense
Share:

Nova usina termelétrica, no Porto do Pecém no Ceará, vai gerar 3 mil empregos

Usina termelétrica/ Fonte: PetroNotícias

WW.ASSARENOTICIAS.COM.BR

A termelétrica da Save On Energy é o segundo maior investimento privado da história do Ceará. A usina terá capacidade de fornecer energia e gás para todo o Estado, além do potencial de venda para estados vizinhos

A mais nova usina termelétrica no Complexo Portuário do Pecém, da Save On Energy,irá proporcionar 3 mil novos empregos, conforme declarou o governador do estado do Ceará, Camilo Santana (PT). Na operação da nova usina termelétrica serão 800 empregos diretos e indiretos. Após uma reunião realizada entre o governo e os executivos da companhia norte-americana Ceiba, do consórcio Portocém, o governador Camilo Santana atestou que essa usina é o segundo maior investimento privado da história do estado do Ceará.


A nova usina termelétrica irá operar à base de gás natural, tendo como investimento um total de R$ 4,2 bilhões. A usina terá a capacidade de produzir até 1,6 GW de energia, no que será o maior projeto do tipo na América do Sul. É relevante pontuar que o consórcio Portocém foi o vencedor do leilão de energia do Brasil para instalar o equipamento. 


Na última semana, aconteceu o primeiro leilão brasileiro para a contratação de reserva de capacidade de potência e energia para usinas termelétricas. No leilão, apenas com esse projeto de termelétrica, o estado do Ceará foi o responsável por 70% (R$ 4.225 bilhões) do investimento de R$ 5,9 bilhões.


De acordo com Santana, a nova usina termelétrica que está operando tem a capacidade de fornecer energia e gás para todo o estado do Ceará, além de ter potencial de venda para estados vizinhos.


 O secretário do Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Ceará, Maia Jr, destacou também que a instalação da usina termelétrica abre precedente pra a instalação de um terminal de gás independente da Petrobras no Complexo do Pecém.


Sobre o Porto do Pecém

O Porto do Pecém é um terminal portuário da costa do Nordeste brasileiro, estilo off shore, localizado em um acidente geográfico denominado “Ponta do Pecém”. O local no qual foram construídas as obras do terminal portuário fica no distrito de Pecém, no município de São Gonçalo do Amarante, que situa-se no litoral oeste do estado do Ceará, dentro da Região Metropolitana de Fortaleza.


Como funcionam as usinas termelétricas

As usinas termelétricas são produtoras de energia que realizam o processo por meio da queima de combustíveis fósseis como petróleo, carvão mineral e gás natural. Além disso, também podem produzir pelo processo chamado de fissão, o qual se dá pelo uso de material radioativo.


Publicado por:  Roberta Souza in Refinaria e Termoelétrica.

Share:

Moro ataca advogados criminalistas: “Há um grupo trabalhando pela impunidade de corruptos”

Foto: Ex-Juiz Sergio Moro

WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR


Pré-candidato à presidência da República Sergio Moro (Podemos) direcionou críticas a atuação de advogados criminalistas em entrevista à revista Veja publicada nesta sexta-feira (14).

Ao ser questionado sobre o porquê das críticas à Lava Jato partirem de advogados, em sua grande parte, Moro respondeu:

“Há um grupo de advogados, como esse Prerrogativas, trabalhando pela impunidade de corruptos. Esses mesmos advogados se arvoram de alguma espécie de ética, de alguma espécie de superioridade moral em relação ao Ministério Público e em relação aos juízes que participaram desses casos. No fundo a vergonha está neles.”

As críticas do ex-juiz, declarado suspeito pelo Supremo Tribunal Federal em processos contra o ex-presidente Lula (PT), foram direcionadas aos integrantes do grupo Prerrogativas que dias atrás promoveu uma homenagem a Lula em jantar em São Paulo.

Nesta sexta-feira, Sergio Moro também atacou o advogado Antônio Cláudio Mariz de Oliveira, que não concordou com o projeto do ex-juiz sobre a reforma do Judiciário.

No twitter, ele escreveu: “Leio na Folha que o líder do clube dos advogados pela impunidade (“o crime já aconteceu, o que adianta punir?”) é contra o meu projeto de reforma da Justiça. Pelo jeito, estamos fazendo mesmo fazendo a coisa certa já que os advogados de corruptos são contra”.

Fonte: Jure News.

Share:

Ômicron: novo estudo aponta que pico de transmissão não é entre 24h e 48h após sintoma, como se sabia; entenda

Teste rápido para Covid-19 em meio à explosão de casos da Ômicron

WWW ASSARENOTICIAS COM.BR

Um novo estudo feito no Japão indica que a carga viral provocada pela Ômicron atinge o pico e período de maior transmissibilidade entre três e seis dias após o início dos sintomas ou do diagnóstico.

A descoberta é diferente do que vinha se considerando estabelecido, que apontava o momento de maior concentração do vírus 24 horas antes dos sintomas a, pelo menos, 48 horas depois.

Esse cálculo é especialmente importante no momento em que os EUA diminuíram o período de isolamento dos infectados para cinco dias. No Brasil, o Rio diminui a quarentena para sete dias e São Paulo pediu um posicionamento do Ministério da Saúde sobre o tema. Com a explosão de casos, há países em que o percentual da força de trabalho afastada chega a 25%, prejudicando diversos serviços, inclusive o de saúde.

O novo estudo foi feito pelo Instituto Nacional de Doenças Infecciosas do Japão a partir de dezembro apenas com casos positivos para a Ômicron. Foram coletadas 83 amos de 21 pessoas, sendo 19 vacinadas. Do grupo, 17 eram casos leves e quatro assintomáticos.


Diferentes orientações
O geneticista e diretor do Laboratório Genetika, de Curitiba, Salmo Raskin, alerta que outros estudos apontam que o pico da infecção pela Ômicron se dá em outro momento.

Há estudos falando exatamente o contrário: que o período mais infectante da Ômicron é de um dia antes até dois dias depois dos sintomas. Se o artigo do Japão estiver certo, a diretriz do CDC (dos EUA) de cinco dias vai por água abaixo e estariam liberando pessoas que transmitem o vírus até o décimo dia — alerta.

Outra possibilidade levantada pelo médico é que uma baixa carga viral só detectada pelo PCR nos primeiros dias não seria suficiente para ser infeccioso. E que apenas quando o teste de antígeno desse positivo poderia ser considerado que há carga viral suficiente para infecção. 

Com a nova variante identificada apenas no final de novembro, para Salmo Raskin ainda são necessários mais estudos para estabelecer o pico da carga viral e transmissibilidade.

Share:

Justiça suspende aumento de salários do prefeito, vice e secretários de Campos Sales



WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR

A Justiça suspendeu nesta quarta-feira (12) a Lei 653/2020, aprovada na Câmara Municipal de Campos Sales no final de 2020, que autorizou o reajuste de salários do prefeito, vice e secretários do Município. A decisão do juiz Paulo Augusto Gadelha de Abrantes atende Ação Popular do vereador Robson de Andrade Miranda, apresentada ainda em 2020.

“Não se trata de querer ser a palmatória do mundo, mas diante de anos tão difíceis para todos os brasileiros, e mais ainda, tendo servidores públicos que há mais de 10 (dez) anos não tem sequer reposição das perdas salarias, é injusto conceder aumentos da ordem de mais de R$ 4 mil para Prefeito, mais de R$ 3 mil para Vice-Prefeito, e mais de R$ 1,5 mil para vereadores e secretários”, ressalto o vereador Robson Miranda.


Por : Redação CN7
Share:

QUEBEC: Vacinação dispara após proibição de álcool e maconha

Agendamentos subiram de 1,5 mil para mais de 6 mil por dia na província canadense, que é a 2ª mais populosa do país.

Cliente fazem fila em frente a loja que vende maconha no Canadá — Foto: Chris Wattie/Reuters

W WW.ASSARENOTICIAS.COM.BR

O número de pessoas que se inscreveu para receber a primeira dose de uma vacina contra a Covid-19 aumentou mais de 400% em apenas uma semana em Québec, segundo o Ministro da Saúde da província canadense, Christian Dubé.

O crescimento aconteceu após o anúncio de restrições na venda de álcool e maconha – que é legalizada para fins recreativos no país desde 2018 – a não vacinados. Québec é a segunda província mais populosa do Canadá.


Na sexta-feira (7), Dubé afirmou que o número de agendamentos diários subiu de 1,5 mil para mais de 6 mil e agradeceu aqueles que finalmente decidiram dar o primeiro passo para a imunização.


A mensagem foi publicada um dia após ele dizer que um passaporte sanitário, comprovando a vacinação, passaria a ser exigido de todos aqueles que desejarem entrar em lojas associadas à Société des alcools du Québec (SAQ) e à Société québécoise du cannabis (SQDC), órgãos que regulamentam estabelecimentos que vendem bebidas alcoólicas e maconha na província.


A exigência entra em vigor na terça-feira (18) e será ampliada para outros estabelecimentos não essenciais, que devem ser anunciados nos próximos dias.


Imposto para não vacinados

Na terça-feira (11), o primeiro-ministro do Québec, François Legault, afirmou que vai cobrar imposto dos adultos que se recusam a tomar vacinas contra a Covid-19, que seria chamado de "contribuição de saúde".

Legault disse que os detalhes da proposta ainda estão sendo finalizados, mas ela não se aplicará a quem não pode ser vacinado por razões médicas. O premiê afirmou que pessoas não vacinadas prejudicam as demais, por isso devem pagar a contribuição.


Informações: G1 Mundo

Share:

PRF bate recorde de apreensões de cocaína e crack no Ceará

 De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, mais de 98% foram orientadas por recursos de inteligência da força. Foram 927 quilos de cocaína e 135 de crack apreendidos no ano passado

Em 2021, PRF no Ceará bate recorde de apreensões de cocaína(foto: divulgação/PRF )

WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou um aumento de 190% em relação a 2020 nas apreensões de cocaína e crack no Ceará no ano passado. Nesta segunda-feira, 10, também foram apresentados crescimento no número de fiscalizações de trânsito e de veículos recuperados. Os balanços fazem parte dos resultados operacionais de 2021, que foram apresentados


No ano passado, a PRF apreendeu 927 quilos de cocaína e 135 quilos de crack, números 190% superiores aos registrados em 2020. É também a maior quantidade registrada na séries histórica, ultrapassando os 999 quilos apreendidos das drogas em 2019.


Segundo a PRF, mais de 98% das apreensões de cocaína e crack no Ceará em 2021 foram orientadas por recursos de inteligência . O Estado foi a unidade federativa do Nordeste com maior número de apreensão dessas drogas no ano passado, somando mais de uma tonelada.


Em 2021, estima-se que as apreensões de drogas ilícitas e de cigarros contrabandeados representam mais de R$ 172 milhões em impactos financeiros negativos para o crime, sufocando, assim, a capacidade de as facções criminosas se financiarem, agirem e se expandirem no Estado. A estimativa é da PRF, que atendeu a mais de 1.080 ocorrências policiais no ano passado, que resultaram na prisão de 865 pessoas por diversos crimes.


As equipes da PRF também apreenderam 2.679 unidades de metanfetaminas, além de 238 quilos de maconha e 50 quilos de “skunk”, droga conhecida como "supermaconha", devido aos seus efeitos acentuados


As apreensões de cigarros também aumentaram em 84% com relação ao ano anterior. Em 2021, as equipes da PRF apreenderam mais de 775 mil carteiras de cigarros contrabandeados.


A PRF também registrou um aumento 14% no número de veículos recuperados: foram 251 veículos roubados recuperados pelas equipes no estado.


Fiscalização de trânsito

Em 2021, as equipes da PRF abordaram 123% mais veículos que em 2020, resultando em 51.356 autos de infração por desrespeito ao código de trânsito.


Dentre as condutas mais perigosas fiscalizadas, o destaque fica para a falta do uso do cinto de segurança (1.785 autuações), falta do uso do capacete nas motocicletas (4.158 autuações), uso do celular ao volante (354 autuações) e ultrapassagens proibidas (10.978 autuações).


Embriaguez ao volante

Durante o ano de 2021, foram realizados 14.755 testes do bafômetro, que resultaram em 532 autuações por direção sob a influência de álcool.

Desses motoristas, 98 foram presos pelo crime de embriaguez ao volante que é constatado quando o teste do bafômetro tem resultado superior a 0,33 mg/l.


Acidentes

No ano de 2021, foram registrados 1.566 acidentes nas rodovias federais do Ceará. Quatro a menos que em 2020. Desses acidentes, 1.679 pessoas ficaram feridas, 4,4% a menos que no ano anterior. O número de mortos, no entanto, aumentou em 7,3%: em 2021 foram 190 vítimas fatais da imprudência no trânsito, enquanto em 2020 foram 177.


Campanhas

No ano de 2021, três grandes campanhas nacionais de arrecadação tiveram destaque no estado este ano: Estrada Solidária, Policiais Contra o Câncer Infantil e Natal Voluntário. Foram arrecadados centenas de brinquedos e toneladas de alimentos para crianças carentes, crianças em tratamento de câncer e pessoas em situação de vulnerabilidade.


Fonte: Jornal o Povo

Share:

Petrobras anuncia aumento no preço do litro da gasolina e do diesel

(Gasolina e diesel vão subir de preço) Foto ilustração


WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR


A Petrobras vai aumentar o preço do litro da gasolina e do diesel para as distribuidoras a partir de amanhã, quarta-feira, 12 de janeiro de 2022. No comunicado ao mercado, a empresa informa que o ajuste ocorre após 77 dias sem elevações.


"Os últimos aumentos ocorreram em 26/10/2021 e, desde então os preços praticados pela Petrobras para a gasolina foram reduzidos em R$ 0,10 litro em 15/12/2021, e permaneceram estáveis para o diesel", frisa, em nota.


Com isso, a partir de amanhã, 12 de janeiro, o valor médio de venda da gasolina da Petrobras para as distribuidoras passará de R$ 3,09 para R$ 3,24 por litro.


"Considerando a mistura obrigatória de 27% de etanol anidro e 73% de gasolina A para a composição da gasolina comercializada nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor passará de R$ 2,26, em média, para R$ 2,37 a cada litro vendido na bomba. Uma variação de R$ 0,11 por litro."


Já para o diesel, o preço médio passará de R$ 3,34 para R$ 3,61 por litro. "Considerando a mistura obrigatória de 10% de biodiesel e 90% de diesel A para a composição do diesel comercializado nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor passará de R$ 3,01, em média, para R$ 3,25 a cada litro vendido na bomba. Uma variação de R$ 0,24 por litro", informa a companhia.


Conforme a empresa, os ajustes são importantes para garantir que o mercado siga sendo suprido em bases econômicas e sem riscos de desabastecimento pelos diferentes atores responsáveis pelo atendimento às diversas regiões brasileiras: distribuidores, importadores e outros produtores, além da Petrobras.


"Dessa forma, a Petrobras reitera seu compromisso com a prática de preços competitivos e em equilíbrio com o mercado, acompanhando as variações para cima e para baixo, ao mesmo tempo em que evita o repasse imediato para os preços internos, das volatilidades externas e da taxa de câmbio causadas por eventos conjunturais."


Fonte: Jornal o Povo

Share:

Camilo sanciona lei que regulamenta o serviço de táxis intermunicipais no Ceará

 A matéria será publicada no Diário Oficial

(Foto: reprodução/Facebook)


WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR


governador Camilo Santana (PT) sancionou, nesta segunda-feira (10), a lei que regulamenta os táxis intermunicipais no Estado do Ceará, determinando condições para que o serviço possa funcionar. A matéria será ser publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta terça-feira (11).


A lei buscava tirar da clandestinidade dos serviços de transporte intermunicipal de passageiros, que era realizado por autônomos providos por taxímetro. Agora, os serviços passam a ser devidamente autorizados pelos Municípios e pelo Estado, sob regime de fretamento eventual. A matéria estava em debate na Assembleia Legislativa do Estado do Ceará (AL-CE) desde 2019.


Com a lei sancionada, haverá, agora, a regulamentação da matéria pela Agência Reguladora do Estado do Ceará (Arce) e pelo Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran). Entre os parlamentares que trabalharam em prol da lei está o deputado estadual Acrísio Sena (PT).



Por : Redação CN7


Share:

Estudo: vacinados com Coronavac precisam de 2 reforços contra Ômicron

Pesquisa mostrou que o esquema completo da vacina combinado a uma dose de Pfizer não é suficiente para neutralizar variante Ômicron

Vacina Coronavac é produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac


WWW.ASSARENITICIAS.COM.BR

Um estudo publicado na plataforma medRxiv, na quinta-feira (29/12), sugere que as pessoas imunizadas com o esquema completo da vacina Coronavac precisam receber mais duas doses da vacina Pfizer para que atinjam uma proteção adequada contra a variante Ômicron do coronavírus.


De acordo com o trabalho realizado por pesquisadores da Universidade de Yale, dos Estados Unidos, e do Ministério da Saúde da República Dominicana, o esquema de duas doses de Coronavac mais uma de Pfizer gerou uma resposta de anticorpos 6,3 vezes menor contra a Ômicron. Quando comparado à resposta de anticorpos contra a Delta, o resultado também foi 2,7 vezes menor.


Proteção contra Ômicron 

grupo de pesquisadores também analisou amostras de pessoas que receberam apenas duas doses da vacina e, nestes casos, não houve neutralização contra a Ômicron. Em sua conta no Twitter, a professora Akiko Iwasaki, da Universidade de Yale, afirmou: “Os que receberam Coronavac podem precisar de 2 doses de reforço adicionais para atingir os níveis necessários contra a Ômicron.” Ela é uma das líderes do estudo.

No Brasil, a Coronavac é fabricada e distribuída pelo Instituto Butantan e foi a primeira vacina a ser aplicada em profissionais de saúde e em idosos.


Redação: ÉRICA MONTENEGRO

Publicado por:  Jornal Metrópolis


Share:

Cagece divulga novas tarifas de água por tipo de imóvel após revisão de valores; veja quanto fica

Conta de água e esgoto ficará quase 6,7% mais cara em 2022, como já havia anunciado o Governo do Estado
Foto: ILUSTRAÇÃO

WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR


Entre os diversos boletos que ficarão mais caros para o cearense em 2022 está a conta de água, que terá a tarifa média revisada. Neste sábado (1º), a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) divulgou quanto cada tipo de imóvel pagará pelo recurso.


A cobrança dos novos valores na conta (veja tabela abaixo) passa a vigorar a partir do dia 30 deste mês, quando consumidores residenciais e industriais de todas as faixas pagarão mais 6,69% pelo recurso hídrico e pela rede de esgoto.


A partir de 30 de janeiro, a tarifa média de água e esgoto passará de R$ 4,61 por metro cúbico faturado para R$ 4,92/m³.


De acordo com a Arce, a revisão tarifária é feita a cada quatro anos, por meio de análise das despesas de operação que a Cagece tem na prestação de serviço aos cearenses. A próxima revisão deve ser realizada em 2025. Já os reajustes estão marcados para o próximo ano, bem como 2023 e 2024.



Escrito por Redação, metro@svm.com.br

Share:

Redes Socias

Google Plus Facebook Instagram email Email

JP Viagens

Escritório de Advocacia

Arena I9

HOTEL ALENCAR

MSET DIGITAL

Dallas Carirí

Salles Quentinhas

Escritório de Advocacia

AL SOM

Inove Eventos

FARMÁCIA BIOFARMA

As Mais Lidas do Site

Total de visualizações do Site