Ciro Gomes é condenado em R$ 40 mil por chamar Capitão Wagner de “canalha” e “miliciano”

Ciro Gomes concedeu entrevista ao podcast Flow, no YouTube. (Foto: reprodução/vídeo)


WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR 


O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) foi condenado nessa quinta-feira (23) em dois processos por danos morais movidos pelo deputado federal Capitão Wagner (União). Ao todo, o pedetista terá que pagar mais de R$ 40 mil em indenizações, por afirmar em entrevista à imprensa, que Capitão Wagner seria um “miliciano”, alegando que ele faria parte de governo realizado por “uma milícia de bandidos”.

As ações envolvem entrevistas concedidas por Ciro a veículos de imprensa ainda na eleição de 2020, quando Capitão Wagner disputou a Prefeitura de Fortaleza contra José Sarto (PDT). “Foram duas situações de práticas de calúnia e difamação. Eu sempre acreditei na Justiça e a justiça está sendo feita. Na conclusão desse processo, vamos ajudar duas instituições que cuidam de crianças carentes e que ajudam os mais necessitados. Não é pelo dinheiro, mas, sim, por fazer justiça”, afirmou Wagner.


“Como diria Voltaire (e tambem Stan Lee), com grandes poderes vêm grandes responsabilidades. Nesse sentido, diante da violação a direitos personalíssimos e fundamentais do requerente intimamente ligados à sua dignidade (…) entendo razoável a condenação ao pagamento de indenização no valor de R$20 mil”, conclui a juíza Analu Colonnezi Gonçalves, responsável pela decisão de ambos os casos.


Não foi a primeira vez


Em 2018, Capitão Wagner obteve uma vitória na Justiça contra Ciro Gomes. Na época, o deputado também venceu processo semelhante contra o ex-ministro, após ser chamado de “chefe de milícias”. Na oportunidade, o pré-candidato ao Governo do Ceará prometeu doar o valor das indenizações para instituições para clínicas de reabilitação para dependentes químicos.


Por: Redação CN7 


Share:

MP recomenda que Prefeitura de Altaneira suspenda processo seletivo e realize concurso público

Imagem: Aérea da cidade de Altaneira/CE


WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR


O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) recomendou nesta segunda-feira (20) que a Prefeitura de Altaneira suspenda a realização de processo seletivo simplificado para formação de cadastro de reserva para as Secretarias Municipais de Saúde, Educação, Assistência Social, Cultura, Infraestrutura e Agricultura.


Ao mesmo tempo, o MP também recomendou que o município realize um estudo orçamentário para a contração de pessoal de forma permanente por meio de concurso público. O documento foi expedido pelo promotor de justiça da Comarca de Nova Olinda, vinculada a Altaneira.


O Promotor de Justiça, Daniel Ferreira de Lira, encaminhou ao Prefeito de Altaneira Dariomar Rodrigues (PT), uma recomendação para que anule o processo seletivo em 24 horas. Além de dar ampla publicidade a anulação em veículos de comunicação do município no prazo de 10 dias.


De acordo com o órgão ministerial cearense, a gestão municipal buscava suprir supostas “carências temporárias” em quase todas secretarias. Porém, foi detectado que não se tratava de carência temporária, mas sim permanente.


Foi constado também que o edital do processo seletivo apresentava inconsistências com o ordenamento jurídico, como a inexistência de vagas e ausência de justificativa administrativa para a excepcionalidade das contratações.


Além disso, o MPCE observou que o prazo de inscrição afetou a ampla concorrência, igualdade de condições e publicidade, pois o período começou no feriado nacional de Corpus Christi e terminou no domingo (19). O MP constatou também que há mais de 5 anos não é realizado concurso público em Altaneira.


Todo o secretariado da gestão municipal de Altaneira, deverá encaminhar no prazo de 10 dias documentos fundamentados justificando o interesse público e a necessidade de contratação imediata. Além de promover no mesmo prazo, ampla publicidade do referido processo seletivo. Em caso de descumprimento da recomendação, poderá acarretar na adoção de todas medidas judiciais cabíveis.


Fonte: miseria.com.br 

Share:

Ex-ministro de Bolsonaro é preso pela PF por corrupção no MEC

Operação investiga o balcão de negócios montado por pastores na pasta comandada pelo ex-ministro, também presos na ação desta quarta

Foto: Reprodução 

WW.ASSARENOTICIAS.COM.BR

A Polícia Federal prendeu nesta quarta o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, alvo de investigações por corrupção na liberação de verbas do ministério a partir de um esquema de tráfico de influência envolvendo pastores evangélicos.


As ordens judiciais foram emitidas pela 15ª Vara Federal Criminal da Seção Judiciária do Distrito Federal, após declínio de competência à primeira instância. A investigação corre sob sigilo. O mandado contra Ribeiro é de prisão preventiva.


Agentes cumprem mandados de busca e apreensão em endereços de Ribeiro e dos pastores Arilton Moura e Gilmar Santos, apontados como lobistas que atuavam no MEC. Santos e Moura também foram presos.


São cumpridos 13 mandados de busca e apreensão e cinco mandados de prisão nos estados de Goiás, São Paulo, Pará e Distrito Federal, além de medidas cautelares diversas como proibição de contatos entre os investigados e envolvidos.


Batizada de “Acesso Pago”, a ação investiga a prática de tráfico de influência e corrupção para a liberação de recursos públicos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, vinculado ao Ministério da Educação.


“A investigação iniciou-se com a autorização do STF em razão do foro privilegiado de um dos investigados. Com base em documentos, depoimentos e Relatório Final da Investigação Preliminar Sumária da Controladoria-Geral da União reunidos no inquérito policial, foram identificados possíveis indícios de prática criminosa para a liberação das verbas públicas”, diz a PF.


O crime de tráfico de influência está previsto no artigo 332 do Código Penal, com pena prevista de 2 a 5 anos de reclusão. São investigados também fatos tipificados como crime de corrupção passiva (2 a 12 anos de reclusão), prevaricação (3 meses a 1 ano de detenção) e advocacia administrativa (1 a 3 meses), todos previstos no Código Penal. 


Por: Robson Bonin

Revista Veja

Share:

Novas regras para uso do capacete começam a valer; multas podem pesar no bolso

Foto: Reprodução 


WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR

O Conselho Nacional de Trânsito (Conatran) estabeleceu novas regras de segurança para pilotos e passageiros de motocicletas. Todas elas envolvem o uso do capacete, equipamento de segurança essencial para quem estiver sob duas rodas. Agora, elas passam a fazer parte do Código Brasileiro de Trânsito (CTB).

Uma delas diz respeito à obrigatoriedade do selo de certificação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) no capacete. O objetivo é garantir que o produto tenha passado por todos os testes de qualidade, na comprovação da sua eficácia em casos de acidente ou queda.

Outra exigência determina a presença de componentes retrorrefletivos para ajudar na visibilidade em trajetos com pouca iluminação. A adesão dessa função permitirá que outros condutores identifiquem o motorista na pista. Os adesivos devem ser colocados na lateral e também na parte posterior.

Por último, dentre as novas regras para o uso do capacete está uma que fala sobre a obrigatoriedade de o condutor manter a cinta inferior do equipamento bem afivelada.

Ou seja, o capacete deve estar bem fixado na cabeça tanto pelo engate quanto pela cinta jugular. O uso de viseira também continua sendo obrigatória, com possibilidade de substituição por óculos de proteção.


Quais as multas para quem infringir essas regras?

As multas que podem ser aplicadas para quem infringir as regras de trânsito são variadas. No caso do motorista ou passageiro que for autuado sem o capacete, por exemplo, a cobrança é no valor de R$ 293,47, com possibilidade de suspensão do documento.

Já os motociclistas que estiverem descumprindo algumas das regras em relação à utilização do item, por exemplo, a multa é mais branda, no valor de R$ 130,16. O capacete que não estiver corretamente posicionado na cabeça também faz parte da lista de itens passíveis de punição, neste caso, com multa no valor de R$ 88,38.

Lembrando que as regras valem tanto para o piloto quanto para o passageiro que está sendo conduzido. 
Share:

Assaré comemora 157 anos

Imagem aérea da cidade de Assaré/CE


WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR


A população deste Município festejam hoje (19) seus 157 anos de emancipação política. A semana, que teve início no ultimo dia 15 assinala a realização de uma série de inaugurações por parte da administração municipal, e eventos esportivos e culturais.




Assaré é conhecida como "A Terra da Poesia Popular", por ser a terra natal do ilustre poeta popular, cantor, compositor e improvisador Patativa do Assaré. Localiza-se a oeste da Microrregião da Chapada do Araripe, na Mesorregião Sul Cearense. Com uma população estimada hoje em 23.537 habitantes.


"Parabéns à minha cidade que hoje celebra mais um ano, deixando todos munícipe em festa. Como eu adoro o berço que me viu nascer e me fez crescer. Prosperidade é o que lhe desejo meu Assaré", em nome do Site 🌐 Assaré Notícias.



Share:

ASSARÉ/CE POLÍCIA MILITAR RECUPERA OBJETOS FURTODO EM ASSARÉ E CONDUZ DOIS SUSPEITOS À DELEGACIA DO CRATO

Imagem: Retirada das redes sociais

WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR

No dia 19/06/2022 (domingo) por volta das 8h00 um cidadão informou ao policiamento do Destacamento de Assaré que um automóvel de sua propriedade da Marca/Modelo: FIAT/PALIO FIRE FLEX, ano 2008, cor: azul, empregado na sua empresa de provedor de internet, bem como uma bicicleta haviam sido furtados do estacionamento localizado em frente à empresa no período da madrugada.


Segundo o proprietário, as câmeras de segurança do local estão inoperantes, o que inviabilizou a captura de imagens referente ao furto. O proprietário informou ainda que costumava deixar as chaves do veículo na ignição deste, o que pode ter facilitado o furto. Pouco tempo depois da denúncia do furto (por volta das 9h40), o policiamento recebeu a informação do proprietário de que um “topiqueiro” que ciente das informações referentes à ocorrência, informou que este mesmo veículo estaria apreendido na PRE do Crato e que o viu ao passar pelo local e entrou em contato com o dono do veículo informando o fato.


Ao entrar em contato com a PRE do Crato, o policiamento do Assaré obteve a confirmação de que o veículo estava lá e que tinha sido apreendido por questões administrativas e que o suspeito do furto (que estava em posse do carro) fora liberado pela PRE, pois estes não sabiam da ocorrência do furto. Que a vítima ao analisar imagens de câmeras vizinhas conseguiu reconhecer/identificar os suspeitos, ambos residentes em Barbalha.

Os policiais de Assaré em diligência identificaram que um dos suspeitos estava trabalhando na empresa que está fazendo a estrada que liga Assaré à Serra de Santana. Assim, o suspeito foi abordado no galpão cedido à empresa e, em ato contínuo, os dois suspeitos foram localizados e conduzidos à Delegacia Regional do Crato, onde foram tomadas as medidas cabíveis perante o Delegado. Foi recuperado, portanto o veículo e a bicicleta do proprietário, bem como feita a condução dos dois suspeitos.

Vejam os vídeos da prisão 👇


Share:

Eunício diz que MDB não tem motivos para votar em Roberto Cláudio

Foto: Reprodução 

WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR


Ex-presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira (MDB) afirmou ao jornal O POVO que o MDB dele, nestas eleições, não tem motivos para votar em eventual candidatura do ex-prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), para o Governo do Ceará. 


Os dois estão apartados desde as eleições de 2018. O emedebista acusa o ex-prefeito de Fortaleza de ter trabalhado pela sua derrota. Eunício perdeu a reeleição enquanto concorria contra Cid Gomes (PDT) e Eduardo Girão (então no Pros, hoje no Podemos


Nessa altura, o ex-senador ainda não sabe como posicionará o MDB. Ele aguarda o PT e a escolha sobre sair ou deixar a aliança. Eunício afirma que é primeiro lugar na disputa, desde que com o apoio oficial do ex-presidente Lula


Quadros petistas pressionam pela indicação da atual governadora, Izolda Cela (PDT), para encabeçar a chapa governista. Já o grupo ligado aos Ferreira Gomes chegou a acenar escolha por Roberto Cláudio, mas atualmente Ciro Gomes declarou recentemente que o nome que mostrar mais força será o candidato.


Share:

ASSARÉ/CE Nota de falecimento

Foto: Divulgação 


WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR

É com imenso pesar que recebemos a triste noticia do falecimento do amigo  Raimundo Ferreira Lima de 82 anos conhecido por (DUNGA TIMBIRA), hoje pela manhã😞


O corpo será velado em sua residência, na Avenida Deputado Manoel Gonçalves número 166 próximo ao parque de vaquejada.


Share:

Ciro e Cid esvaziam palanque de Izolda e avisam que candidato ao Abolição é Roberto Cláudio

Ciro não abre mão da candidatura de Roberto Cláudio ao Governo do Ceará 
(Foto: reprodução/Instagram)

WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR

Sem alarde, os irmãos Ciro e Cid Gomes estão esvaziando o palanque à reeleição da governadora Izolda Cela (PDT). Dessa forma, o candidato do PDT ao Palácio do Abolição será o ex-prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT).

Hoje, durante evento do Governo do Estado, apenas dois deputados estaduais e um federal apareceram. Entre eles, o deputado AJ Albuquerque (PP). Na oportunidade, ocorreu a inauguração da avenida Santos Dumont, em Morada Nova.

A ideia dos FG é que a governadora Izolda Cela cumpra o mandato à frente do Governo do Ceará durante esse ano para, em 2024, disputar as eleições para a Prefeitura de Sobral.

Em tempo

Ciro não abre mão de apoiar Roberto Cláudio ao Abolição. O ex-ministro deixou claro que, caso o PT insista no veto ao nome do ex-prefeito, a aliança com PDT está rompida.



Por: Redação CN7


Share:

Padre é afastado pela Arquidiocese de Natal após confessar relacionamento em áudio vazado

O caso aconteceu há cerca de 10 anos e ganhou as redes sociais nesta sexta-feira (3). O assunto chegou a ficar entre mais comentados do Twitter.
Igreja Nossa Senhora de Candelária — Foto: Google Street View 

WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR


Viralizou nas redes sociais nesse última sexta-feira (03), o áudio de uma mulher confrontando um padre e o esposo no Rio Grande do Norte (RN).


Após descobrir que o sacerdote e o marido tiveram um caso, ela chamou os dois para uma conversa bastante franca, com o intuito de ouvir os dois lados.


Interpelado pela mulher, o religioso afirmou que os atos foram realizados em momentos de “fraqueza”, mas que confessaram a outros sacerdotes o que ocorreu e se converteram.


“Foi uma grande fraqueza da qual eu me arrependi muito, Deus é testemunha. Eu sei que não é normal, que não deveria ter acontecido, eu fiz de tudo para me converter”.


Além da descoberta do caso extraconjugal, a mulher se revolta, pois o padre foi quem celebrou a cerimônia de união do casal.


Durante a conversa, os dois divergem sobre o número de vezes que mantiveram relações sexuais e o que fizeram nos momentos de intimidade.


Em diversos trechos do áudio, o padre fala sobre o “carinho e respeito” que tem, mas é prontamente rebatido pela mulher, que diz que faltou esses sentimentos dele com ela.


Ao sair em defesa do homem, dizendo que ele havia sido o último com o qual havia mantido relações antes de se casar, a esposa faz novas revelações e diz que o marido a traiu diversas vezes frequentando locais para encontrar outros homens. 


Você não contou que ia para banheiro, que acessava sites adultos, que ia procurar em saunas, que não me procurava, mas procurava homens”, disse.


Por se chamar Júlio, muitos internautas estão confundido o religioso com o Padre Júlio Lancellotti, que atua em São Paulo e é conhecido nas redes sociais pelas ações que auxiliam principalmente moradores de rua.

Entretanto, o sacerdote citado no áudio, atua no estado do Rio Grande do Norte, ou seja, estão separados por quase 03 mil km de distância.


Em nota, a Arquidiocese informou que o Arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, determinou o afastamento do padre para que sejam "apurados os fatos e tomadas as devidas providências". Avisou também que só ficou ciente da situação após o vazamento do áudio.


"Também determinou que fosse aberta uma investigação prévia, conforme prescreve o Direito Canônico, para que sejam averiguadas as possíveis responsabilidades", explicou a nota.

Ouçam o áudio 👇


Share:

Cadastro Ambiental Rural está sendo realizado na Macrorregião do Cariri

Confira o posto de atendimento do seu município, endereço e os contatos para atendimento do Cadastro Ambiental Rural, o CAR. 


WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR


A Semace conta com a Empresa de Meio Ambiente do Brasil LTDA (EMAB), vencedora do processo licitatório para atender a demanda em campo. A equipe de técnicos da EMAB atua diretamente no imóvel rural do agricultor e nos postos de atendimento de cada região. 


O CAR está em sua segunda fase, e deve contemplar os 73 municípios previstos para a etapa.


O público-alvo do CAR é constituído por agricultores familiares, proprietários e ou posseiros com imóveis rurais de até quatro módulos fiscais que desenvolvam atividades agrossilvipastori.


No Ceará, a abrangência territorial do CAR atinge 182 municípios, sendo 109 municípios na primeira etapa, e 73 na segunda etapa.


A iniciativa conta com recurso financeiro proveniente do Fundo Amazônia.

Share:

Polícia cumpre 30 mandados em altaneira e Assaré mais uma etapa da operação 'salus'



WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR

A Polícia Civil do estado do Ceará deflagrou nas primeiras horas desta manhã (2) mais uma etapa da operação salus que investiga vários crimes contra a administração pública no município de Altaneira.  São cumpridos 30 mandados de buscas e apreensões nos municípios de Altaneira e Assaré, os alvos dos mandados judiciais em Assaré são em desfavor de empresários do ramo de locação de veículos e construção de obras.

Imagem: Rede social 


Entenda o caso.

A Operação Salus foi deflagrada pelo Núcleo de Repressão à Lavagem de Dinheiro e Combate à Corrupção, vinculado ao Departamento de Recuperação de Ativos (DRA), da Polícia Civil do Ceará, em 10 de dezembro de 2020. A operação apura supostos crimes de lavagem de dinheiro, peculato, organização criminosa e fraude em licitações, supostamente cometidas por vários agentes públicos vinculados ao município de Altaneira (CE).

Naquela ocasião 13 pessoas foram presas a mando da justiça.

Imagem: Rede social 

Share:

Redes Socias

Google Plus Facebook Instagram email Email

JP Viagens

Escritório de Advocacia

Arena I9

HOTEL ALENCAR

MSET DIGITAL

Dallas Carirí

Salles Quentinhas

Escritório de Advocacia

AL SOM

Inove Eventos

FARMÁCIA BIOFARMA

As Mais Lidas do Site

Total de visualizações do Site