Doria defende impeachment de Bolsonaro

João Doria governador de São Paulo 


João Doria defendeu, pela primeira vez, a abertura do processo de impeachment contra Jair Bolsonaro. Em entrevista na sede do Copom, central de ocorrências da Polícia Militar, o governador de São Paulo disse entender que há motivos para o PSDB se alinhar aos partidos de oposição que lutam para retirar o presidente da República do Palácio do Planalto.


“Eu nunca havia feito uma manifestação pró impeachment, me mantinha na neutralidade, entendendo que os fatos deveriam ser avaliados e julgados pelo Congresso Nacional, mas depois do que assisti e o que ouvi em Brasília, antes mesmo de ouvir o que ele pronunciará aqui [em São Paulo], ele claramente afronta a Constituição, desafia a democracia e empareda a Suprema Corte brasileira”, justificou. 


Para Doria, o PSDB também deveria assumir uma postura de oposição do governo de Bolsonaro no Congresso Nacional. Atualmente, a legenda está dividida,  acompanhando o governo em diversas votações.


O presidente dos tucanos, Bruno Araújo, já anunciou que vai convocar a executiva do partido para discutir o impeachment, o que foi felicitado por João Doria. 

Presidenciável, e visto como uma alternativa da chamada “terceira via”, Doria se tornou um dos principais alvos do bolsonarismo nas manifestações deste 7 de setembro. 


Por Ricardo Ferraz

Veja Editora-abril



Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Redes Socias

Google Plus Facebook Instagram email Email

JP Viagens

Escritório de Advocacia

Arena I9

HOTEL ALENCAR

MSET DIGITAL

Dallas Carirí

Salles Quentinhas

Escritório de Advocacia

AL SOM

Inove Eventos

FARMÁCIA BIOFARMA

As Mais Lidas do Site

Total de visualizações do Site