Varíola dos macacos: secretaria de saúde emite nota de alerta sobre notificações de casos suspeitos no Ceará

O documento estabelece que o aviso deve ser feito de forma imediata, em até 24 horas. Não há casos notificados até o momento no Ceará.


Secretária de saúde emite nota de alerta sobre notificações de casos suspeitos, no Ceará. — Foto: Getty Images/via BBC


WWW.ASSARENOTICIAS.COM.BR

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) emitiu uma nota de alerta orientando sobre as notificações de casos suspeitos da varíola do macaco (monkeypox), nesta sexta-feira (27). O estado, assim como o Brasil, ainda não tem casos suspeitos. A Sesa determinou que, quando ocorra, o aviso deve acontecer de forma imediata, em até 24 horas.

A varíola do macaco, que já foi identificada em, pelo menos, 18 países, trata-se de um vírus transmitido via secreções respiratórias que causa sintomas como febre, mal-estar, dores no corpo e lesões que geralmente começam a se manifestar na cavidade oral. O país mais recente com caso confirmado foi a Argentina, na manhã desta sexta-feira (27).


Definição dos casos

A secretaria também elencou os tipos de casos; veja abaixo:

Caso suspeito: pessoa de qualquer idade que apresente início súbito de febre maior que 38,5 ºC, adenomegalia e erupção cutânea aguda inexplicável e que apresente um ou mais dos seguintes sinais ou sintomas:

Dor nas costas
Astenia
Cefaleia

E excluindo as doenças que se enquadram como diagnóstico diferencial e/ou qualquer outra causa comum localmente relevante de erupção vesicular ou papular. *varicela, herpes zoster, sarampo, zika, dengue, Chikungunya, herpes simples, infecções bacterianas da pele, infecção gonocócica disseminada, sífilis primária ou secundária, cancróide, linfogranuloma venéreo, granuloma inguinal, molusco contagioso (poxvirus), reação alérgica (como a plantas).


A notificação, segundo a Sesa, deve ser encaminhada para o CIEVS Estadual, através de canais, como formulário eletrônico, e-mail e telefone, por se tratarem de eventos de saúde pública (ESP), conforme disposto na portaria do Ministério da Saúde nº 1.102, de 13 de maio de 2022 e portaria do estado do Ceará n° 2.854 de 09 de agosto de 2011.


Por g1 CE

Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Redes Socias

Google Plus Facebook Instagram email Email

JP Viagens

Escritório de Advocacia

Arena I9

HOTEL ALENCAR

MSET DIGITAL

Dallas Carirí

Salles Quentinhas

Escritório de Advocacia

AL SOM

Inove Eventos

FARMÁCIA BIOFARMA

As Mais Lidas do Site

Total de visualizações do Site